Cervejaria Ambev abre programa Trainee — Foto: Divulgação

Cervejaria abre programa de trainee com salário inicial de R$ 6,4 mil

Vagas são para todo o Brasil. Inscrições vão até 7 de abril; veja como participar

A Cervejaria Ambev está com o programa trainee 2019 aberto. As vagas são para todo o Brasil, valem para qualquer área de formação universitária e o salário inicial é de R$ 6,4 mil.

As inscrições podem ser feitas até o dia 7 de abril, pela internet. O período de treinamento é de quatro meses, em São Paulo e nas unidades operacionais da empresa. Durante a capacitação, os jovens transitam por diferentes áreas de cada setor da cervejaria.

Para fazer a inscrição é preciso:

  • estar formado há no máximo dois anos ou com previsão de formatura até julho de 2019;
  • ter conhecimento avançado em inglês;
  • ter disponibilidade de morar em qualquer estado.

As etapas do processo de seleção acontecem entre os meses de março e junho. Elas incluem testes online de inglês, perfil e raciocínio lógico, seguidos pela apresentação de uma análise de case e entrevistas, também online.

Os aprovados passam para as etapas presenciais. Nesta fase, será preciso realizar um painel de negócios onde os candidatos deverão desenvolver um case em equipe.

Depois disso, os selecionados serão entrevistados pelos vice-presidentes e pelo presidente da Cervejaria. Ao final, serão admitidos como funcionários.

De acordo com o Diretor de Gente e Gestão Daniel Spolaor, a Ambev não tem um número exato de vagas.

“A quantidade de aprovados varia a cada ano.”

Segundo Spolaor, a empresa procura “candidatos autênticos, curiosos, mão na massa, resilientes e que se identifiquem com a cultura de empreendedorismo, trabalho em equipes e inovação”.

Inscrições são feitas pela internet — Foto: Divulgação
Inscrições são feitas pela internet — Foto: Divulgação

Como se destacar nos processos trainees

Para o professor Francisco Antônio Coelho, do Departamento de Administração da Universidade de Brasília (UnB), a principal dica para se destacar em um processo de seleção é ser autêntico. Segundo o especialista, a maioria dos recrutadores procura profissionais “que não forjam uma imagem”.

Veja outras dicas:

Identificar o perfil da vaga

“Essa é a primeira coisa a ser feita”, explica Coelho. Isso ajuda os profissionais a perceberem as competências dos cargos almejados.

Pesquisar a empresa

Procurar o máximo de informações sobre a empresa que pretende ingressar é outra dica do especialista. Conhecer a missão, objetivos e cultura organizacional da empresa ajuda os candidatos na hora de fazer um processo seletivo.

Conhecer as etapas do processo seletivo

Conhecer e estudar cada etapa do processo seletivo é outro ponto importante na preparação, afirma Coelho.

Demonstrar competências emocionais e empreendedoras

Capacidades como empatia e saber se impor sem ser autoritário são bem vistas por recrutadores. Mas o professor Coelho lembra que o mais importante é não mentir e enfatizar as competências que se alinham aos valores e objetivos da empresa.

Com futuro certo

De acordo com o professor da UnB, 40% dos profissionais são contratados em até seis meses após terminar o período como trainee. As contratações são na maioria na mesma empresa do período trainee, diz Francisco Antônio Coelho.

“Sete de 10 trainees são contratados na mesma empresa.”

Outro aspecto de atenção é no período de formação universitária. Muitos recrutadores pedem indicações ou informações sobre os profissionais para os professores.

“Eu já recebi muitos pedidos de indicação e de empresas fora de Brasília, como Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Belém”, afirma Coelho.

Fonte: g1.globo.com/df

Comente